De olho no aumento das vendas com as festas de fim de ano, 27,4% dos empresários da capital mineira pretendem contratar trabalhadores temporários em 2019. O percentual de lojistas teve uma alta de 46% em relação a igual período de 2018, quando o índice alcançou 18,7%. Os dados fazem parte do levantamento da Câmara de Dirigentes Lojistas de Belo Horizonte (CDL/BH), feito com 401 empresários entre os dias 11 e 24 deste mês.

A pesquisa mostra que a maioria dos entrevistados (82,7%) pretende manter as contratações no mesmo nível do ano passado. Já 10% querem ampliar os temporários além das contratações de igual período de 2018.

Os maiores investimentos em mão de obra temporária serão feitos nas Regionais Centro-Sul (41,3%), Venda Nova (40,9%) e Barreiro (35,4%).
A média de contratações deve ser de quatro temporários. No entanto, o levantamento aponta que a maior parte dos entrevistados (51%) vai admitir duas pessoas.

Outros 23,5% pretendem contratar entre três e quatro, 14,7% vão abrir sete vagas de emprego,enquanto 10,8% dos lojistas pretendem ampliar entre cinco e seis novos empregos.

A maioria das vagas (89,1%) que serão disponibilizadas é para o cargo de vendedor. Em seguida, aparecem as funções de caixa (37,8%), estoquista (20%), repositor (8,2%) e fiscal/vigia (6,4%).

Os setores com mais oportunidades de vagas temporárias serão os de cosméticos e perfumaria (43%), vestuário e calçados (39%) e produtos alimentícios e supermercados (10%).

O levantamento da CDL mostra ainda que 60,9% dos lojistas pretendem efetivar os funcionários temporários ao final do período, enquanto 39,1% responderam que a chance é baixa ou muito baixa.

O presidente da CDL/BH, Marcelo e Souza e Silva atribui essa possível ampliação no volume de contratações neste ano em relação a 2018 ao cenário econômico melhor e ao aumento da confiança dos empresários em relação à economia brasileira.

“O empregado temporário deve saber aproveitar a oportunidade e demonstrar comprometimento com o trabalho, atendendo bem a clientela e fazendo boas vendas. Com isso, aumentam as chances de uma possível indicação ou efetivação”, aconselha.