O médium João de Deus deu entrada na madrugada deste sábado (24) no Hospital Sírio Libanês, em Brasília, onde encontra-se internado. Ele foi levado à unidade de saúde após ter sentido mal-estar e incômodo no peito.

Condenado a mais de 40 anos de prisão por estupro e porte de arma, João de Deus já está fazendo exames e sendo acompanhado pelos médicos do hospital.

Ele está em prisão domiciliar desde março, por pertencer ao grupo de risco da Covid-19. O médium já vinha fazendo tratamento no Sírio Libanês há alguns anos, devido a um histórico de cardiopatia e de câncer no sistema digestivo. 

Segundo profissionais do hospital contatados pela Agência Brasil, o quadro é estável e não há qualquer relação da internação dele com a Covid-19.

As denúncias que resultaram na condenação de João de Deus foram feitas por diversas mulheres às quais o médium prestou atendimentos espirituais na Casa Dom Inácio de Loyola, em Abadiânia (GO). Ele está preso desde dezembro de 2018.