O pastor Anderson do Carmo de Souza, marido da deputada federal e cantora gospel Flordelis (PSD-RJ), foi morto a tiros na madrugada deste domingo (16) em casa, em Pendotiba, Niterói, região metropolitana do Rio. Segundo relatos de familiares à polícia, o casal voltava de uma confraternização com amigos quando a deputada teve a impressão de que o carro deles era seguido por duas motos.

Ainda conforme os relatos, os dois chegaram em casa, na rua Cruzeiro, em Pendotiba. Depois de entrarem na residência, o pastor resolveu voltar à garagem para buscar algo que havia esquecido. Os parentes relataram que ouviram vários disparos e ao descerem encontraram Anderson do Carmo baleado ao lado do carro. Ele chegou a ser levado para o Hospital Niterói D’Or, no bairro Santa Rosa, mas não resistiu aos ferimentos.

Os policiais militares acionaram a Delegacia de Homicídios de Niterói e São Gonçalo (DHNSG), que abriu inquérito para apurar as circunstâncias da morte. Foi realizada perícia no local e no carro da vítima. Os policiais civis seguem com as diligências e investigações.

A assessoria de comunicação da deputada Flordelis informou que a parlamentar está muito abalada, mas permanece em casa. O velório será na Igreja em São Gonçalo onde Anderson era pastor. O enterro foi marcado para esta segunda-feira (17) no Memorial Parque Niterói, em São Gonçalo. O horário ainda não foi informado.

A família publicou um comunicado no perfil da deputada no Facebook pedindo orações. “A família Flordelis, com dor, comunica o falecimento repentino do Pastor Anderson do Carmo, um servo de Jesus Cristo. A Deputada Flordelis, muito abalada, ainda não tem como se pronunciar. Neste momento, apertamos as mãos de Deus e imploramos o conforto Dele!, diz trecho da nota.