Meghan Markle e o príncipe Harry arrancaram suspiros durante a turnê pela Oceania. Foi assim na Austrália e segue o mesmo ritmo na Nova Zelândia.

A duquesa estava conversando com jovens trabalhadores no café Maranui, em Wellington, quando esbarrou com uma fila de crianças ao sair do estabelecimento com Harry. Meghan imediatamente correu de volta à cafeteria e perguntou à equipe se poderia levar alguns dos bolos para a pequena multidão comer. Ela voltou com um prato cheio de doces.

Uma das crianças disse à rede local de TV NZ: "Eles nos perguntaram quais eram nossos nomes e também foram muito legais. Falaram normalmente conosco". "Minhas pernas tremiam tanto!", confessou um menino.

Meghan estava conversando com funcionários e voluntários do Live for Tomorrow, um programa focado em alcançar as novas gerações com mensagens positivas. O casal real ficou 45 minutos discutindo o bem-estar mental na Nova Zelândia. Esta foi a última parada da turnê de 16 dias.

O príncipe Harry também falou sobre as mídias sociais, sugerindo que os pais precisavam ficar atentos à educação. "Problemas decorrentes de mídia social e jogos são um grande desafio para os jovens no Reino Unido e no mundo", enfatizou.

O duque também mencionou suas próprias lutas com a saúde mental, admitindo que levou anos para 'confrontar sua própria turbulência interna'. "Demorei aproximadamente de três a quatro anos para começar a jornada.", desabafou Harry.