A Fundação Casa (antiga Febem) enfrenta uma segunda rebelião nesta segunda-feira (12). Alguns adolescentes da Unidade de Itaquera, na zona leste de São Paulo, fugiram durante esta manhã e, em seguida, os internos iniciaram o motim. De acordo com a assessoria de imprensa da Fundação Casa, funcionários foram feito reféns. Nove deles já foram liberados, mas representantes da Superintendência e da Corregedoria-Geral do órgão ainda negociam a liberação de outros servidores que seguem sob a custódia dos detentos.

Até as 14h55, a instituição não sabia informar o número de fugitivos. Com capacidade para 150 adolescentes, a unidade abrigava 103 menores infratores.

Mais cedo, internos da unidade da Vila Leopoldina, na zona oeste, iniciaram uma rebelião após uma tentativa de fuga frustrada. O motim durou pouco mais de três horas, mas ninguém ficou ferido. Todos os 12 funcionários feitos reféns foram liberados por volta das 12h30.