A pandemia do coronavírus Covid-19 foi uma colisão frontal no mercado de automóveis. Em Abril foram emplacadas apenas 51.362 unidades, entre carros de passeio e comerciais leves, como informa o boletim da Federação Nacional da Distribuição de Veículos Automotores (Fenabrave). As razões são mais que óbvias, revendas e pátios de Detrans fechados, além da insegurança do consumidor em investir recursos num período de incertezas.

O volume corresponde a uma queda de 67% sobre março e 76,8% sobre abril de 2019. No acumulado dos primeiros quatro meses do ano, a retração chega a 27%, com um total de 801.280 licenciamentos. 

 

Para o presidente da entidade, Alarico Assumpção Júnior, o resultado é preocupante e remete aos anos 1990. “Lamentavelmente, voltamos aos patamares de vendas, registrados há 14 anos, para automóveis e comerciais leves e, para o Setor em Geral, retornamos aos volumes de 1992, ou seja, voltamos aos resultados de 28 anos atrás”, aponta Assumpção Júnior.

Para se ter uma ideia, a Fenabrave mantém um acervo com boletins que datam desde janeiro de 2003. Naquela época o Brasil enfrentava uma crise economia que atingiu todo mercado sul-americano. E no primeiro mês de vendas, foram emplacados 106.607 unidades. Ou seja o dobro do que foi registrado agora. 

O presidente da entidade coloca o baixo desempenho na conta dos governos estaduais. "Isso demonstra o resultado da chamada parada súbita de nossa economia, e da inoperância da maior parte das concessionárias, em decorrência da quarentena, decretada pelos estados, em função do coronavírus, que determinou o fechamento do comércio na maior parte de nosso país", analisa.

Participação

Na dança das cadeiras entre as marcas com melhor desempenho, a General Motors segue na primeira posição com 17,9% de participação, sendo seguida pela Volkswagen (16%), Fiat (14,3%), Ford (8,3%) e Hyundai (8,1%). 

Mais vendidos

Entre os mais vendidos de abril, o Chevrolet Onix manteve seu reinado com 3.619 unidades emplacadas. Cerca de 800 unidades à mais que o Hyundai HB20, que chegou a ser o líder na parcial de abril. Onix Plus segue na terceira colocação, Ford Ka em quarto e a Toyota Hilux figura como o quinto modelo mais vendido do mês, com 1.762 unidades.

No acmulado do ano o Onix soma 50.740, o irmão Plus, outras 26.737 unidades, HB20 conta com 24.835, Ford Ka (24.462) e Gol (19.303) fecham a lista dos cinco mais vendidos. 

Alternativas

Para tentar reverter as portas fechadas, muitas marcas disponibilizam canais de vendas em seus sites. No entanto, apenas a Renault oferece uma plataforma de e-commerce que permite realizar todo processo de compra sem atendentes. 

Marcas como Ford e Chevrolet conta com sistemas que em que o consumidor escolhe o automóvel e depois é encaminhado para atendimento via telefone com um consultor da concessionária escolhida.