Policiais federais cumprem, nesta terça-feira (25), 27 mandados de prisão preventiva e dez de busca e apreensão contra acusados de integrar uma facção criminosa que atua em vários estados. 

A ação, batizada de Expurgo, ocorre em Minas Gerais, Rio de Janeiro, São Paulo, Pernambuco, Pará e Mato Grosso do Sul. As cidades onde acontecem as diligências não foram informadas.

Conforme a PF, o principal objetivo da operação é evitar que o grupo, que é a principal facção de São Paulo, se consolide no Rio de Janeiro.

As investigações foram iniciadas em dezembro de 2018, e segundo a PF mostraram que os líderes do bando tinham um plano de se expandir para o estado, por meio de alianças com outras quadrilhas.

"O grupo já atua no Rio, mas a PF quer evitar que ele se estabeleça de vez no estado", informou a corporação, em nota.

Muitas das lideranças já estão presas e continuam controlando os crimes de dentro de presídios do Rio e de outros estados.

Os mandados foram expedidos pela 2ª Vara Criminal de Bangu, no Rio de Janeiro. Os envolvidos estão sendo investigados por participação em organização criminosa e tráfico de drogas e armas.

(*) Com Agência Brasil