O “Código de Etiqueta e Sobrevivência do Novo Normal” ainda não foi escrito, mas todo mundo já decorou novo hábitos para esses dias de pandemia. Uso da máscara, álcool, higienizar alimentos, deixar o sapato na porta, dentre outras medidas para evitar o contágio pelo coronavírus. 

No fim de março, quando a pandemia começou a ganhar força, indicamos alguns cuidados de higiene para o uso do automóvel durante a quarentena, para reduzir chances de contaminação pelo vírus. Agora, o portal de classificados Webmotors divulga estudo que mostra que o mineiro manterá os novos hábitos. 

Segundo o levantamento com 475 moradores de Belo Horizonte, 87% afirmam que pretendem seguir com a rotina de limpeza de seus automóveis após o fim da quarentena. A pesquisa ainda ponta que 65% dos motoristas passaram a limpar com frequência volante e transmissão com o álcool em gel.

Lava-jato

Se por dentro o mineiro ficou mais cuidadoso, por fora ele não quer se arriscar. Segundo o estudo, o percentual de entrevistados que tinha o hábito de levar seu carro para lavagem em postos e lava-jatos caiu de 49% para 17%. Além, 42% dos entrevistados afirmam que mudaram as rotinas de limpeza dos carros.

Seja como for, nunca é demais manter pequenos cuidados. Higienizar maçanetas e também as mãos, assim que entrar no carro, tal como volante, câmbio, puxadores e botões do painel. Evite usar o ar-condicionado quando estiver com passageiros e mantenha as janelas abertas. E claro, use a máscara.