O ministro da Economia da Argentina disse nesta segunda-feira (23) que todos os países devem agir decisivamente para "evitar um colapso social", à medida que a pandemia de coronavírus se espalha globalmente e fecha as economias com o isolamento de seus cidadãos.

Martín Guzmán, que falou por telefone com outros líderes do G20 sobre a doença, disse que os países devem usar o "conjunto inteiro de ferramentas" de políticas econômicas para garantir a liquidez global, incluindo a extensão de swaps bilaterais (um mecanismo para gerenciar reajustes de produtos no mercado amplo, geralmente aplicado por bancos centrais) com economias avançadas.

O ministro também pediu medidas domésticas, que vão desde transferências em dinheiro e subsídios para os setores afetados à extensão do seguro-desemprego.

Leia mais:
Governo define atividade da imprensa como essencial
Covid19: Campos Neto diz que BC tem arsenal para enfrentar crise
Moradores de BH podem denunciar à prefeitura estabelecimentos que continuam abertos