O governo vai antecipar o pagamento dos benefícios assistenciais referentes ao Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) para os moradores de Brumadinho (MG). Com isso, todas as pessoas do município que recebem benefícios como o Benefício de Prestação Continuada (BPC), por exemplo, estão incluídas na medida. Segundo o governo, mais de mil pessoas serão beneficiadas.

“A medida deve beneficiar mais de mil pessoas na cidade que possuem benefícios previdenciários e assistenciais, como o BPC, pago a idosos e pessoas com deficiência de baixa renda. A medida valerá para todos os beneficiários registrados no município, independente de terem sido direta ou indiretamente afetados pela tragédia”, informou o governo, em nota.

A informação foi passada pela assessoria do Palácio do Planalto e pelo porta-voz da Presidência da República, Otávio do Rêgo Barros.

O governo também informou que tiveram início nesta quarta-feira (7) as obras para a construção de uma ponte na estrada interditada no bairro Alberto Flores, em Brumadinho. A previsão é de conclusão da obra em três semanas.'

Leia mais:
Executivos e engenheiros que atestaram segurança de barragem em Brumadinho deixam a Nelson Hungria
'Vamos apresentar a conta para a Vale', diz prefeito de Brumadinho
MPF quer plano de emergência em barragem de rejeito nuclear com risco de rompimento em Minas
Ainda não há certeza se rejeito de Brumadinho chegará a Três Marias