LIMA - Um ônibus que caiu num abismo de 80 metros matou 24 pessoas nesta quarta-feira (27) no Sul do Peru, informou a polícia regional.

"Até agora, contamos 24 mortos e 18 feridos", disse Elard Prado, membro da polícia rodoviária da cidade de Arequipa, 1.000 km ao Sul de Lima.

A versão foi confirmada pelo comandante da polícia, Raúl Acosta, que informou ao Canal N a possibilidade da existência de mais corpos embaixo do ônibus. O veículo ainda não pôde ser removido do fundo do abismo.

"Por enquanto, as causas do acidente ainda são desconhecidas", completou Acosta.

O ônibus, que saiu do distrito de Orcopampa e se dirigia à Arequipa, pertencia à empresa Andares e caiu no precipício em uma parte da estrada muito sinuosa.

A maioria dos falecidos era de trabalhadores das minas da região de Orcopampa que viajavam à Arequipa para participar de celebrações da Semana Santa.

É o segundo grave acidente rodoviário no departamento de Arequipa em março. No dia 10 outro ônibus ficou desgovernado e caiu num abismo de 200 metros, causando a morte de 14 pessoas e ferindo 30.

No Peru, acidentes envolvendo transportes públicos são frequentes nas estradas andinas do país, devido ao estado precário dos veículos e às falhas humanas, atribuídas principalmente à alta velocidade e ao cansaço dos motoristas.

Segundo as últimas estatísticas oficiais, foram registrados 1.108 acidentes nas estradas do Peru em 2011, custando a vida de 1.124 pessoas e deixando outras 2.583 feridas.