Autoridades buscam restos mortais em local de descoberta de parte de avião do 11 de setembro

AFP
29/04/2013 às 17:01.
Atualizado em 21/11/2021 às 03:16

NOVA YORK - Autoridades americanas iniciarão na terça-feira (30) a busca por restos mortais no local de Nova York onde foi encontrada, na semana passada, uma parte de um dos aviões que se chocaram contra as Torres Gêmeas do World Trade Center nos atentados de 11 de setembro de 2001.

"Estamos finalizando os preparativos no local antes do início da operação amanhã (terça-feira) às 08h00" locais, indicou à AFP a porta-voz do serviço forense das cidade, Ellen Borakove.

Segundo a Polícia de Nova York, os trabalhos devem terminar na quarta-feira.

Na sexta-feira, a polícia anunciou a descoberta de uma parte do trem de pouso com um número de identificação da Boeing na parte traseira de uma propriedade na rua Murray, não muito longe do local onde as Torres Gêmeas se erguiam.

Mas um técnico da Boeing informou na noite de domingo aos investigadores que aquela era uma parte da asa, segundo um comunicado publicado nesta segunda-feira pelas forças de segurança.

"Parece ser proveniente de um dos aviões destruídos em 11 de setembro, embora ainda não se saiba qual", indicou o porta-voz da polícia, Paul Browne.

Até o momento, todos os fragmentos recuperados foram tratados como peças históricas e entregues a museus.

No dia 11 de setembro de 2001, membros da rede Al-Qaeda lançaram dois aviões contra as Torres Gêmeas, provocando seu colapso e a morte de quase 3.000 pessoas, nos ataques terroristas mais mortíferos já ocorridos em território americano.

O voo 11 da American Airlines atingiu a torre norte às 08h46 e o voo 175 da United se chocou contra a torre sul às 09h03, em ataques acompanhados ao vivo por milhares de pessoas em todo o mundo.

Segundo o serviço forense de Nova York, não foi encontrado resto algum de 1.122 pessoas desaparecidas no incidente.

Compartilhar
Ediminas S/A Jornal Hoje em Dia.© Copyright 2022Todos os direitos reservados.
Distribuído por
Publicado no
Desenvolvido por