O Centro de Controle de Doenças (CDC) de Taiwan informou nesta quarta-feira (24) o primeiro caso de infecção humana com a nova cepa do vírus da gripe aviária na ilha, no que possivelmente é a primeira ocorrência da doença confirmada fora da China continental.

Em um comunicado, o CDC relatou que um homem de 53 anos de Taiwan adoeceu depois de voltar de uma viagem de trabalho para Suzhou, na China, em 9 de abril. Ele teve febre e sentiu falta de ar após a viagem. Hoje o teste deu positivo para o vírus H7N9. O homem está atualmente recebendo tratamento e foi colocado em quarentena em uma unidade de cuidados intensivos.

O paciente afirmou que não teve contato com aves vivas durante o período em que passou na China, conforme o centro.

De acordo com as últimas informações disponíveis no site da Organização Mundial da Saúde (OMS), foram confirmados 108 casos de infecção humana, incluindo 22 mortes, todas na China. Especialistas em gripe disseram estar preocupados com o novo vírus, porque ele apresenta sinais de ter mais facilidade de infectar seres humanos a partir de aves enfermas do que uma outra forma de gripe aviária conhecida como H5N1, que vem infectando pessoas há mais de uma década.

"Pelo que sabemos até o momento, o homem entrou em contato com 139 pessoas e até agora nenhuma exibiu qualquer sintoma do vírus", afirmou o diretor-geral do centro, Chang Feng-yee. As informações são da Dow Jones.