O ministro marroquino das Relações Exteriores, Salaheddine Mezouar, não compareceu à marcha em Paris, neste domingo (11), "em razão da presença de charges  blasfematórias" do profeta no evento - informa o comunicado oficial divulgado pela embaixada marroquina.
 
"A delegação marroquina apresentou, neste domingo, no Eliseu, as sinceras condolências do Reino do Marrocos à França", mas "não participou da marcha organizada em Paris, em razão da presença de charges blasfematórias do profeta", de acordo com a nota.
 
Cerca de 50 líderes mundiais, incluindo autoridades muçulmanas, participaram da multitudinária contra o terrorismo, após os sangrentos atentados que abalaram a França.