Quão longe uma pessoa pode ir por uma selfie? Nesta semana, uma turista búlgara, não identificada, parece ter ultrapassado todos os limites. Ela tem sido acusada de ser a responsável pela morte de um cisne no lago Ohrid, na Macedônia.  

De acordo com o Macedonia Online, a mulher, que estava com outros turistas, teria tirado o animal a força da água, puxando-o pela asa. Após finalmente tirar uma foto, ela teria o deixado à beira do lago, com as asas machucadas.

Ainda segundo o site, o cisne teria permanecido imóvel, sem conseguir se quer voltar para a água. Não se sabe se as autoridades tentaram
localizar a mulher.

 

Cisne

 

Um evento parecido aconteceu na Argentina. Segundo pessoas que estavam no local, os banhistas na praia de Santa Teresita teriam tirado um golfinho do mar para tirar selfies, causando a morte do animal.

Logo depois de um vídeo do fato viralizar, apareceu uma nova versão da história, a de que o golfinho já estava morto. De todo modo, a história é bem esquisita e as pessoas parecem cada vez mais obcecadas pelas selfies.