O ministro da Cultura da França, Franck Riester, afirmou que há três pontos da Catedral de Notre-Dame que estão "frágeis", embora a estrutura esteja fora de perigo. Na quinta-feira (18), trabalhadores colocaram escoras em pontos da fachada.

Enquanto isso, católicos e turistas impossibilitados de visitar o monumento serão recebidos em uma "catedral provisória", que será erguida na praça em frente à Notre-Dame. (Com agências internacionais)

Leia mais:

Homem é preso ao tentar entrar em catedral de NY com galões de gasolina
Papa agradece aos bombeiros que salvaram a catedral de Notre-Dame
Doações para reconstruir Catedral de Notre-Dame já somam R$ 2,6 bilhões