BRUXELAS - Duas pessoas morreram na explosão ocorrida nesta terça-feira (19) na refinaria da gigante francesa do petróleo Total na Antuérpia (norte da Bélgica), anunciou a empresa em um comunicado.

"Lamentamos os mortos", afirmou o comunicado, que num primeiro momento falou de uma morte e duas pessoas desaparecidas.

A Total disse ainda que os mortos são funcionários de uma empresa terceirizada e que a explosão ocorreu no sistema de vapor de uma unidade de produção de combustível".

O grupo disse ainda que interrompeu as atividades nas instalações e assegurou que a explosão não caudou impacto ao meio ambiente.

A refinaria foi evacuada.

Segundo o jornal local Gazet van Antwerpen, a válvula de uma turbina a vapor apresentava problemas há vários dias e a empresa terceirizada estava no local para reparar o vazamento.

A refinaria, situada no norte da Antuérpia, é a maior e mais complexa do grupo. Por ano transforma 17 milhões de toneladas de petróleo em combustível e produtos destinados à indústria petroquímica.

A petroleira francesa emprega na Bélgica 4.800 pessoas, das quais 3.300 para o setor de refinaria e química.