O secretário de Estado americano, Mike Pompeo, afirmou no Twitter que os Estados Unidos reconhecem a "corajosa decisão" do presidente da Assembleia Nacional da Venezuela, Juan Guaidó, de assumir como presidente interino do país. Pompeo diz que o governo americano apoia os esforços da Assembleia Nacional de estabelecer um governo de transição e preparar o país para "eleições livres e justas".

Pouco antes, o presidente americano, Donald Trump, emitiu nota na qual reconhece Guaidó como presidente interino. O secretário-geral da Organização dos Estados Americanos (OEA), o uruguaio Luis Almagro, também declarou apoio a Guaidó, em mensagem no Twitter.

Há cerca de duas semanas, Nicolás Maduro assumiu seu segundo mandato na presidência da Venezuela, que tem hoje protestos contra e a favor de seu governo.

Leia mais:
Trump reconhece Guaidó como presidente legítimo da Venezuela
Guaidó faz juramento e diz ser presidente em exercício da Venezuela
Na Venezuela, manifestantes protestam contra Maduro