Os Estados Unidos e a Turquia chegaram a um acordo nesta quinta-feira (17), para um cessar-fogo na Síria. O acordo foi negociado entre o vice-presidente Mike Pence e o presidente turco, Recep Erdogan.

A pausa nas operações militares da Turquia contra milícias curdas no norte da Síria, que começaram na semana passada, terá a duração de cinco dias de duração, segundo Pence. Pence disse que as tropas curdas serão retiradas da região neste período.

Por meio do Twitter, o presidente Donald Trump agradeceu a Pence e Erdogan pelo acordo.

Ainda de acordo com Pence, o cessar-fogo já começou e haverá uma zona desmilitarizada de 32 quilômetros na fronteira turca.

A Turquia começou a atacar posições curdas na Síria depois de Trump ter ordenado a retirada de forças americanas da região. A decisão foi duramente criticada pelo Congresso americano e pelo próprio Partido Republicano.

Os curdos auxiliaram os EUA no combate ao Estado Islâmico, no complexo teatro de operações da Guerra Civil na Síria, que envolve ainda tropas leais a Bashar Assad, rebeldes sunitas e tropas russas.

(Com agências internacionais)

Leia mais:
Trump diz que grupo curdo pode ser ameaça terrorista maior que Estado Islâmico
Estudo Brasil-EUA revela como o Parkinson começa
Queen Latifah será homenageada por contribuições para a cultura negra