A Polícia Nacional da Espanha prendeu no aeroporto de El Prat, em Barcelona, um colombiano de 65 anos com meio quilo de cocaína escondido sob a peruca. A informação foi publicada nesta terça-feira, (16), no Twitter da polícia. Imagens mostram a droga armazenada em um saco colocado dentro da peruca, que tinha um fundo duplo.

"A engenhosidade dos traficantes de drogas não tem limites na tentativa de burlar os controles", afirmou a polícia espanhola em seu Facebook. Autoridades da Espanha estimaram em cerca de 30 mil euros o valor da carga no mercado europeu. O jornal La Vanguardia, de Barcelona, informou que o homem foi detido no dia 18 de junho, após chegar à Espanha em um voo proveniente de Bogotá. Ele não teve a identidade divulgada e permanece preso em Barcelona.

Produção

As fotos de sua prisão, divulgadas nesta terça, mostram o volume de drogas debaixo da peruca, que ele tentou dissimular com um chapéu. A polícia afirmou ao jornal catalão que a "os agentes são experientes e bem treinados e prestam a atenção nas atitudes dos passageiros suspeitos".

A Colômbia é hoje o principal produtor de cocaína do mundo, à frente de Peru e Bolívia. O governo dos EUA vem se queixando do aumento da área cultivada e da quantidade de droga produzida.

Nos últimos três anos, os hectares semeados de coca na Colômbia passaram de 112 mil, em 2014, para 209 mil, em 2017 - e a produção de cocaína subiu de 324 toneladas para 900 no mesmo período.

Sabendo disso, a Polícia Nacional da Espanha realiza operações especiais em voos considerados "quentes", ou seja, que chegam de países onde o narcotráfico é mais atuante. 


Leia mais:
Motorista é preso na BR-365 com 23kg de cocaína escondidas em painel de carro
Apreensão de cocaína no aeroporto de Confins neste ano já é 81% maior que em todo 2018
Defesa de sargento da FAB preso na Espanha pede ao Supremo acesso a inquérito