O Irã afirmou nesta terça-feira (8) que suas forças armadas conduziram novos testes balísticos para demonstrar que está pronto a  "responder a todas as ameaças contra a integridade de seu território".

O anúncio foi feito pela agência de notícias oficial IRNA, que descreve que os testes aconteceram com o disparo de mísseis de silos subterrâneos situados em diferentes partes do país.

O site oficial da Guarda Revolucionária, a elite militar do país, que conduziu os testes, confirmou sua realização, sem especificar o alcance dos mísseis.

Os Estados Unidos anunciaram em 17 de janeiro novas sanções vinculadas ao programa de mísseis balísticos do Irã.

O anúncio acontece logo depois do levantamento da maioria das sanções internacionais contra a república islâmica, conforme o acordo alcançado em julho de 2015 entre Teerã e as grandes potências sobre o programa nuclear iraniano.

A chancelaria iraniana denunciou estas novas sanções, que considera "injustificadas, já que o programa balístico do Irã não é concebido para transportar ogivas nucleares".