SANTIAGO - A justiça chilena paralisou a construção da termoelétrica Punta Alcalde, de propriedade da empresa espanhola Endesa e localizada no norte do Chile, ao aceitar um recurso judicial apresentado por um grupo de pescadores que acusam o projeto de prejudicar o meio ambiente por ser poluente.

Segundo a resolução da Corte de Apelações de Santiago, emitida na sexta-feira, mas divulgada nesta terça, levando em conta os antecedentes, a ordem de paralisação foi concedida.

A corte afirma ainda que não se pode fazer mais nada enquanto não forem decididos todos os recursos apresentados.