O presidente da Venezuela, Nicolás Maduro, ordenou uma análise detalhada do relacionamento do país com os Estados Unidos em resposta a comentários feitos pelo vice-presidente americano, Mike Pence, de que Maduro é um "ditador" que mantém o poder ao prender vozes dissidentes.

Os comentários foram feitos em vídeo, que foi lançado nesta terça-feira, um dia antes da oposição a Maduro realizar manifestações em todo o país pedido pela remoção do presidente do cargo.

Em um pronunciamento que durou horas, Maduro disse que Pence atingiu um ponto mínimo em 200 anos nas relações entre os dois países, autorizando um golpe. Os EUA mantêm uma embaixada em Caracas, mas os dois países não trocaram embaixadores em quase uma década.

Fonte: Associated Press.