O ministro do Interior da França disse há pouco que a violência dos protestos em Paris está "sob controle" apesar do clima ainda tenso, mas classifica essa violência como "totalmente inaceitável". Christophe Castaner disse que 135 pessoas ficaram feridas nos protestos deste sábado, incluindo 17 policiais. Ele diz que medidas de segurança "excepcionais" permitiram que policiais prendessem quase mil pessoas.

Casataner estimou que havia 10.000 manifestantes de coletes amarelos em Paris, e cerca de 125 mil manifestantes em todo o país. Manifestantes quebraram vitrines e incendiaram as ruas da capital francesa e entraram em confronto com a polícia, que atirou bombas de gás lacrimogêneo.