O presidente encarregado da Venezuela, Juan Guaidó, está rapidamente ganhando o apoio de líderes mundo afora: Brasil, EUA, Argentina, Canadá, Chile, Colômbia, Costa Rica, Equador e Peru já reconheceram a presidência de Guaidó, que também é presidente da Assembleia Nacional da Venezuela. O secretário-geral da Organização dos Estados Americanos (OEA), Luis Almagro também declarou apoio a Guiadó.

A expectativa é que Nicolás Maduro, que assumiu um novo mandato de seis anos no último dia 10, entregue o poder e que Guaidó guie a Venezuela em um período de transição democrática. Dias antes de Maduro assumir o novo mandato, 13 países latino-americanos reunidos sob o Grupo de Lima declararam não reconhecer a reeleição do presidente venezuelano. Maduro governa a Venezuela há quase seis anos, em substituição a Hugo Chávez, morto em 2013, e que era presidente da Venezuela desde 1999.

Leia mais:
Maduro anuncia que Venezuela rompe relações diplomáticas com os EUA
Brasil reconhece Guaidó como presidente interino da Venezuela
EUA apoiam esforço de Guaidó por governo de transição e eleição na Venezuela