O Ministro de Relações Exteriores do Irã, Abbas Araghchi, disse neste domingo que o acordo nuclear entre a República Islâmica e as potências mundiais "não será renegociado" com o início do governo do presidente eleito dos EUA, Donald Trump, que assume o cargo nesta semana.

Em uma coletiva de imprensa neste domingo, que marca um ano do acordo, Araghchi disse aos repórteres que "a nova administração dos Estados Unidos não pode abandonar o acordo".

Trump criticou o acordo nuclear durante a campanha presidencial e se comprometeu a renegociá-lo, mas ele não ofereceu muitos detalhes de seu plano desde a eleição.

Araghchi repetiu um aviso anterior feito pelo líder Supremo do Irã, Ayatollah Ali Khamenei, que declarou publicamente: "Se eles a rasgarem, vamos queimá-los", sem dar mais explicações. Fonte: Associated Press