MOSCOU - A Rússia lançou nesta terça-feira (12) da base de Baikonur, no Cazaquistão, um foguete Proton-M, que colocará em órbita um satélite militar, anunciaram a agência espacial russa Roskosmos e o ministério da Defesa.

Nos últimos anos, a Rússia registrou uma série de problemas no setor espacial, o último deles a explosão de um foguete Proton durante a decolagem em 2 de julho em Baikonur.

A investigação atribuiu o fracasso a uma falha humana. No dia 10 de outubro, o diretor da Roskosmos, Vladimir Popovkin, foi demitido.