A Rússia realizou seu primeiro ataque aéreo na Síria nesta quarta-feira (30) próximo à cidade de Homs, informou uma autoridade americana à emissora CNN.

A ação militar ocorre logo após o Parlamento russo ter autorizado, a pedido do presidente russo, Vladimir Putin, o uso da Força Aérea na Síria para dar suporte ao regime do ditador Bashar al-Assad.

Os russos teriam informado os Estados Unidos sobre a operação com antecedência para que aviões americanos que realizam bombardeios contra posições da facção radical Estado Islâmico (EI) não sobrevoassem a Síria. O local da ação russa não foi informado de antemão.

Segundo a autoridade, os ataques aéreos americanos prosseguem normalmente.