O número de pessoas mortas nos atentados jihadistas da região espanhola da Catalunha aumentou para 14 depois da morte, nesta sexta-feira (18), de uma mulher ferida ontem à noite no atropelamento de Cambrils, na província de Tarragona.

Segundo informaram à Agência EFE fontes do governo regional da Catalunha, é a primeira morte entre os seis pedestres feridos no atropelamento feito por cinco terroristas nessa cidade catalã. Os terroristas foram mortos posteriormente pela polícia.

As outras 13 vítimas morreram na quinta-feira (17) em Barcelona, quando uma van invadiu a região das Las Ramblas, que deixou também 100 feridos.

Leia mais:
Ataque em Cambrils tem conexão com atentado em Barcelona, diz governo catalão
Polícia detém o terceiro suspeito por relação com atentados na Catalunha
Estamos unidos contra inimigos que querem nos destruir, diz premiê da Espanha