O governo de Sri Lanka elevou neste sábado (21) para 73 a cifra de mortos pelos deslizamentos de terra e fortes inundações, que afetam o país há quase uma semana.

Soldados do exército buscam corpos no distrito de Kegalle, onde os deslizamentos tragaram três vilas na terça-feira. Os oficiais continuam procurando mais cadáveres.

Na capital do país, Colombo, milhares de casas seguiam inundadas neste sábado e ainda não havia indícios de que as águas estariam cedendo. Mais de 243 mil pessoas seguem desalojadas. Fonte: Associated Press.