O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, voltou a ameaça decretar emergência nacional para construir um muro na fronteira do país com o México caso não seja acertado um acordo entre republicanos e democratas para encerrar a paralisação parcial da máquina pública federal americana que contenha verba para a barreira física entre os dois países.

Em comentários rápidos feitos a repórteres no Capitólio, Trump disse que há muitas pessoas indo para os EUA e justificou ao dizer que o país precisa "tomar conta disso". A fala do presidente vem após uma reunião entre ele, o vice-presidente Mike Pence e senadores republicanos, onde foi discutida a estratégia do partido sobre o "shutdown".
 

Leia mais:
Democratas criticam muro na fronteira e pedem que Trump reabra governo dos EUA
Trump discute impasse hoje em Camp David e diz 'o muro está chegando'
Pelo Twitter, Trump anuncia morte de líder da Al Qaeda