O presidente eleito dos Estados Unidos, Donald Trump, falou, pela primeira vez, sobre os protestos que eclodiram em grandes cidades americanas após a sua vitória nas eleições americanas, como destacou a rede de televisão CNBC. Em seu perfil no Twitter, o republicano, ontem à noite, disse que "manifestantes profissionais, influenciados pela imprensa, estão protestando. Muito injusto!".

Já na manhã desta sexta-feira, Trump baixou o tom e disse, também no Twitter, que ama "o fato de pequenos grupos de manifestantes, na noite passada, demonstrarem paixão por nosso país. Nós todos vamos nos unir e ficar orgulhosos!". Nova York, Washington, Los Angeles e Denver foram algumas das cidades que registraram protestos contra Trump ontem. Alguns quebraram janelas e atearam fogo em sacos de lixo. Em Portland, Oregon, a polícia chamou o ocorrido de "tumulto", após confrontos com manifestantes.

Leia mais:
Plano de Trump de investir em infraestrutura enfrentará obstáculos
China deve ganhar mais influência global após vitória de Trump no EUA
Advogados de Trump pedem que julgamento por fraude seja adiado, diz jornal