No primeiro dia de trabalho como prefeito, Alexandre Kalil (PHS) empossou na manhã desta segunda-feira a equipe de secretários que vai ajudá-lo no comando da capital pelos próximos quatro anos. Na lista estão integrantes e ex-membros do Atlético, nomes que já ocuparam cargos executivos nas gestões de Marcio Lacerda e no governo de Minas, e técnicos renomados, embora inexperientes na administração pública.

Em discurso na solenidade no salão nobre da Prefeitura de Belo Horizonte, Kalil agradeceu aos secretários pela honra em aceitar o convite de integrar a gestão e ressaltou o tamanho da responsabilidade de conduzir a capital. “Será muito trabalho. Então mãos à obra”, declarou.

Conforme prometido na campanha, o número de secretarias foi reduzido de 22 para 13. As secretarias de administração das regionais de Belo Horizonte serão extintas no modelo de governo de Kalil. Segundo o vice-prefeito e secretário de governo, Paulo Lamac, o projeto de mudança administrativa será enviado para a Câmara Municipal neste mês, antes mesmo do fim do recesso dos vereadores.

Leia mais: 

Orçamento apertado é desafio de gestão para Kalil e Lamac

Além dos secretários, também foram empossados titulares de sete órgãos da PBH, o chefe da assessoria de imprensa, Chico Maia, e o procurador-geral do município, o advogado Tomáz de Aquino Resende.

Após dar posse à equipe, Kalil disse que, a princípio, o aumento das passagens de ônibus está mantido. Segundo ele, o reajuste de 9% está condizente com o aplicado em outras capitais. No entanto, o prefeito disse que serão feitos estudos técnicos sobre o preço da tarifa e voltou a dizer que vai acabar com as “latas de sardinha”.

Com relação ao reajuste dos salários do prefeito, vice, secretários e vereadores, aprovado pelos parlamentares em dezembro do ano passado, Kalil disse que não é esse aumento que provoca rombo nas contas, mas sim a corrupção. “Isso é demagogia. Temos que ter salários atrativos para ter os melhores quadros”, afirmou.

 

kalil e secretários

Equipe escolhida por Kalil têm nomes técnicos, ex-integrantes de governos passados e pessoas ligadas ao Atlético

Confira a equipe da prefeitura de Kalil:

Secretaria de Governo: Paulo Lamac

Secretaria de Assuntos Institucionais e Comunicação Social: Adriana Branco

Secretaria de Planejamento e Gestão: André Abreu Reis

Secretaria de Educação: Ângela Dalben

Secretaria da Fazenda: Fuad Noman

Secretaria de Segurança e Prevenção: Claudio Beato

Secretaria de Esporte e Lazer: Bebeto de Freitas

Secretaria de Meio Ambiente: Mário Werneck

Secretaria de Desenvolvimento: Daniel Nepomuceno

Secretaria de Saúde: Jackson Machado Pinto

Secretaria de Serviços Urbanos: Maria Fernandes Caldas

Secretaria de Políticas Sociais: Maíra Colares

Secretaria de Obras e Infraestrutura: Josué Valadão

 

Além das secretarias, Kalil também anunciou como ficam alguns órgãos:

 

Fundação Municipal de Cultura: Leônidas José de Oliveira

Defesa Civil: Coronel Alexandre Lucas Alves

Superintendência de Limpeza Urbana (SLU): Coronel Genedempsey Bicalho Cruz

Superintendência de Desenvolvimento da Capital (Sudecap): Sylvio Malta

Companhia Urbanizadora de Belo Horizonte (Urbel): Claudius Vinícius Leite

Presidente da BHTrans: Célio Bouzada

Presidente da Prodabel: Leandro Moreira Garcia

 

Outros nomes:

Procurador-geral do município, o advogado Tomáz de Aquino Resende.

Assessor adjunto da Assessoria de Imprensa: Francisco Maia

 

Leia mais:
Prefeito de Betim diz que não vai permitir a saída de empresas da cidade
Kalil toma posse, pede juízo aos vereadores, mas sofre primeira derrota