A menos de 48 horas do lançamento da nova Strada, que acontece na sexta-feira (26), a Fiat promoveu uma videoconferência para detalhar aspectos da versão cabine simples da picape, que passa a adotar a denominação Plus. A mudança se deve ao maior volume de espaço interno, atrás dos bancos, que salta de 75 para 150 litros. Assim, essa nova carroceria passa a fazer o papel da antiga simples (que ainda será mantida na versão Hard Working) e também da cabine estendida, que deixa de ser produzida.

De acordo com diretor de Marketing da FCA, Herlander Zola, a cabine estendida tinha pouca participação no mix da atual geração da Strada, com apenas 6% das vendas. "Com a cabine plus, nossa expectativa é entregar mais espaço para o cliente, sem prejudicar o espaço da caçamba", explica Zola. Ele diz que a atual cabine simples corresponde atualmente a 70% das vendas. 

Fiat Strada Plus

No entanto, o executivo antecipa que a cabine dupla deverá ampliar a participação, com a nova geração, uma vez que há expectativa de elevar as vendas no varejo em relação às pessoas jurídicas. "Com a evolução do modelo, nossa expectativa é que a Strada volte a vender bem no varejo e não apenas na venda direta, especialmente para o cliente que faz uso da picape para o lazer".

Capacidades

Além dos 150 litros atrás dos bancos, a Strada Plus terá volume de caçamba de 1.354 litros e 720 quilos de carga total. A cabine simples atual comporta 1.200 litros. Outra novidade é que, ao contrário do modelo atual, a versão não permitirá acomodar o estepe atrás do banco. 

Fiat Strada Plus 2021

Segundo a Fiat, a nova geração conta com um novo recipiente para guardar o pneu reserva, dotado de um sistema antifurto, que levou mais de 250 horas do time de engenharia para ser desenvolvido, e promete resolver o drama dos consumidores.

Motores e versões

Para não dar spoiler do lançamento de sexta-feira (26), Zola antecipa que a nova Strada terá cinco versões, duas para a cabine plus (Endurance e Freedom) e três para a dupla. Já os motores, ele aponta que a unidade 1.4 de 88 cv e o Firefly 1.3 de 109 cv. No entanto, o executivo não detalha o motor de cada versão.

Agora é esperar até sexta.