Vencer os desafios do atendimento nos meios virtuais tem sido a maior barreira que os pequenos negócios têm enfrentado após o início da pandemia de Covid-19.

Segundo a analista do Sebrae Minas, Carla Gobb, o caminho do e-commerce é sem volta e as empresas precisam se adaptar a esta nova realidade para não serem deixadas para trás pela concorrência.

“O ambiente digital se tornou a melhor maneira para os pequenos negócios venderem e se relacionarem com os clientes. Se antes eram considerados apenas um complemento de estratégia, hoje eles têm garantido a sobrevivência do negócio”, avalia.

Mas para conseguir sucesso e competitividade no meio digital é necessário mais do que apenas começar a vender pela internet. Conhecer melhor o cliente e as suas necessidades é um passo fundamental para acertar o alvo. 

“Ao contrário de tempos passados, hoje é o cliente que diz o que ele quer, como quer e quanto está disposto a pagar. Manter este relacionamento mais humanizado com o cliente e conhecer tudo isso é a chave para ter sucesso no ambiente digital”, garante a gerente de inovação do Sebrae Minas, Lina Volpini.

Ela destaca ainda que os empresários precisam também rever os processos operacionais da empresa para conseguir não só satisfazer os clientes, mas também garantir o melhor funcionamento do negócio.

“É muito mais do vender no digital, é mudar todo o modelo de negócios e a forma como você opera e gere a empresa. Quem não entende isso, fica para trás e a morte é certa”, sentencia.

Leia também:
Empresários criam alternativas para ampliar vendas na Sexta-Feira Santa e Páscoa