O surgimento de um novo vírus da gripe com 'potencial pandêmico', encontrado na China, tomou conta dos noticiários internacionais no fim da tarde de segunda-feira (29). Conforme agências de notícias, um estudo apontou que essa linhagem surgiu recentemente e tem os porcos como hospedeiros, mas pode infectar seres humanos. De acordo com a agência de notícias BBC, os cientistas estão preocupados com uma possivel mutação ainda maior, que se espalharia facilmente. A situação poderia provocar um surto global, como o do novo coronavírus.

O estudo aponta que a cepa tem "todas as características" de ser altamente adaptável para infectar seres humanos e precisa ser monitorada de perto. Por se tratar de uma nova linhagem do vírus influenza, que causa a gripe, as pessoas podem ter pouca ou nenhuma imunidade contra ela.

Perigo

Segundo uma publicação da agência AFP, o vírus, que os pesquisadores chamam de G4 EA H1N1, é semelhante à da gripe suína de 2009 (batizado como A/H1N1pdm09), mas com algumas mudanças. Ele pode crescer e se multiplicar nas células que revestem as vias aéreas humanas.

Evidências do vírus foram encontradas em pessoas que trabalhavam em matadouros e na indústria suína na China. E, conforme Kin-Chow Chang, que trabalha na Universidade de Nottingham, no Reino Unido, em entrevista à agência de notícia, as vacinas contra a gripe atuais não parecem proteger, embora possam ser adaptadas, se necessário.

A revista "Proceedings", da Academia Nacional de Ciências britânica, fez uma publicação explicando que medidas para controlar o vírus em porcos e monitorar de perto as populações trabalhadoras devem ser rapidamente implementadas.

Leia também:
Covid-19: pesquisa revela perda nos setores cultural e criativo
Governo traça diretrizes para eventual combate a gafanhotos no país
Governo traça diretrizes para eventual combate a gafanhotos no país