O presidente norte-americano Barack Obama, e o presidente francês, François Hollande, prometeram, nesta sexta-feira (22), ajudar a Alemanha. As mensagens foram enviadas logo após as notícias sobre o tiroteios em Munique.

Obama, que discursou em um reunião com agentes judiciários, disse que ele havia sido informado sobre o drama na Alemanha, onde pelo menos seis pessoas foram mortas em um tiroteio em um shopping center em Munique. "Nossos corações estão com aqueles que podem ter sido feridos. Essa situação ainda está acontecendo, e a Alemanha é dum dos nossos aliados mais próximos. Por isso nos comprometemos a dar todo o apoio que eles possam precisar para lidar com estas circunstâncias", disse ele.
 
No Departamento de Estado, a porta-voz Elizabeth Trudeau disse que as autoridades americanas estão trabalhando com as autoridades locais para determinar se os cidadãos norte-americanos foram afetados pelo incidente.

O presidente francês enviou uma mensagem pessoal de apoio à chanceler Angela Merkel em função do tiroteio registrado em um shopping na cidade alemã de Munique.  A polícia alemã fala de um possível ato terrorista em andamento.  A França foi recentemente vítima de um ataque terrorista em 14 de julho, em Nice, quando morreram 84 pessoas.

Leia mais

Atentado deixa vários mortos em shoppping na Alemanha; veja vídeo