Papa pede generosidade dos governos da América Central com imigrantes cubanos

Estadao Conteudo
27/12/2015 às 11:00.
Atualizado em 17/11/2021 às 03:28
 (FILIPPO MONTEFORTE/AFP)

(FILIPPO MONTEFORTE/AFP)

O papa Francisco pediu neste domingo (28) generosidade com os imigrantes cubanos que procuram chegar às fronteiras dos Estados Unidos através da América Central e do México, no centro de um conflito diplomático.

Após sua tradicional bênção do Angelus na Praça de São Pedro, o papa disse que muitos dos cubanos são vítimas de tráfico de seres humanos e exortou os governos da região a encontrarem uma solução para o "drama humano". "O meu pensamento vai neste momento para os numerosos imigrantes cubanos que se encontram em dificuldade na América Central, muitos dos quais são vítimas do tráfico de seres humanos", disse o papa.

Milhares de cubanos deixaram seu país em direção aos EUA nas últimas semanas por receio de uma eventual revogação do estatuto privilegiado de imigração garantido pelo Congresso norte-americano aos cubanos.

Cerca de 8 mil cubanos estão presos em campos de refugiados na Costa Rica desde meados de novembro, quando a Nicarágua começou a rejeitar os cubanos em seu território. Na semana passada, a Costa Rica parou de emitir vistos aos cubanos. Fonte: Associated Press
http://www.estadao.com.br

Compartilhar
Ediminas S/A Jornal Hoje em Dia.© Copyright 2022Todos os direitos reservados.
Distribuído por
Publicado no
Desenvolvido por