Parlamentares defendem a transposição das águas do Rio Tocantins para o Rio São Francisco como forma de garantir abastecimento para os municípios em situação de seca no Nordeste. O assunto foi debatido nesta terça-feira (20), em audiência pública na Comissão de Viação e Transportes da Câmara dos Deputados.

Uma opção seria fazer um ajuste no Projeto de Lei 6569/13, do deputado Gonzaga Patriota (PSB-PE), que prevê a interligação entre o Rio Preto e o Tocantins com objetivo de assegurar a navegação do São Francisco ao Rio Amazonas.

A proposta surgiu do receio de que as obras de transposição do Velho Chico cheguem ao fim mas não haja água suficiente para os 390 municípios do semiárido que sofrem com a seca. Os parlamentares argumentam que os níveis estão baixos em decorrência de um longo período de estiagem. Se aprovada, a interligação teria 733 quilômetros.