A Petrobras entregou ao Sistema Único de Saúde (SUS) o segundo lote de 300 mil testes para diagnóstico de Covid-19. Desse total, 200 mil foram doados ao Ministério da Saúde e 100 mil à Secretaria de Saúde do Estado do Rio de Janeiro. 

Esses testes fazem parte do lote de 600 mil que a companhia encomendou aos EUA, anunciados em 24 de março.  

De acordo com a gerente executiva de Responsabilidade Social, Olinta Cardoso, essa iniciativa integra um conjunto de ações da companhia no combate ao coronavírus. “Estamos concentrando todos os esforços para ajudar a sociedade brasileira a atravessar esse momento. Importamos testes de alta qualidade que serão distribuídos em várias regiões do Brasil por meio dos órgãos de saúde”, disse em nota.

Hospital da UFRJ

A Petrobras também disponibilizou cerca de 20 mil equipamentos de segurança e produtos de higiene para o Hospital Clementino Fraga Filho,  da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ). Os materiais, que pertencem ao estoque do Centro de Pesquisas da companhia (Cenpes), serão utilizados no atendimento de pacientes com coronavírus e na proteção das equipes de saúde. Foram doadas luvas de laboratório, óculos de segurança, máscaras purificadoras de ar, frascos, álcool e detergente.

Vale faz doação de insumos

Mais um avião com insumos comprados pela Vale na China para combater a disseminação do novo coronavírus, no Brasil, pousou no fim da tarde deste domingo (19) no Aeroporto Internacional de Guarulhos (SP). Na carga, 1,25 milhão de máscaras N95, a mais indicada para o uso em ambientes contaminados pelo vírus; 1,5 milhão de máscaras cirúrgicas descartáveis, além de mais 1 milhão de kits de teste rápido, perfazendo um total de pouco mais de 3,8 milhões de insumos.

Este é o quinto avião vindo da China com produtos trazidos pela empresa, que estão sendo doados ao governo brasileiro. Até agora, já chegaram 12,7 milhões dos 15,8 milhões de equipamentos de proteção individual (EPIs) que a Vale está repassando ao Ministério da Saúde, além de 3,5 milhões de um total de 5 milhões de kits de teste rápido já anunciados pela empresa. A carga das cinco aeronaves – dois de carreira e três cargueiros – soma 166 toneladas, o equivalente ao peso médio de 166 carros. 

Total de insumos

Ao todo, a Vale vai trazer da China até maio mais de 600 toneladas de insumos para ajudar no combate ao novo coronavírus no Brasil. Somam-se à carga mais 5 milhões de kits, comprados por bancos brasileiros com a ajuda logística da empresa na China, país com o qual mantém uma parceria de quase 50 anos. Há ainda insumos – entre EPIs e kits – que serão entregues a unidades de saúde de regiões onde a Vale atua. Para trazer tudo, serão necessárias 15 aeronaves (13 cargueiros e dois aviões de carreira).