Não podemos negar que a atual geração do Peugeot 3008 foi uma grata surpresa. O modelo que simbolizou a metamorfose do monovolume para o SUV, em 2016, agregou visual arrojado, conteúdo e tecnologia ao exemplar motor THP, desenvolvido junto com a BMW. Mas devemos convir que depois da pandemia do Covid-19, o leão sumiu da praça.

 

Para se ter uma ideia de como esse carro estava em baixa, o SUV francês ainda não figurou no ranking de emplacamentos da Federação Nacional da Distribuição de Veículos Automotores (Fenabrave). E olha que o segmento ‘utilitários’ conta com uma página inteira do relatório, com 40 modelos. O último da lista é o caríssimo Land Rover Defender, com 345 unidades licenciadas de janeiro a maio. Ou seja, o felino estava manquitolando no mercado.

Mas ele voltou, com retoques visuais, seguindo a reestilização aplicada na Europa, no ano passado. O SUV francês ganhou nova seção frontal, com grade e para-choques redesenhados, assim como conteúdos do hatch 208. 

Oferecido com duas versões: Griffe (R$ 230 mil) e GT Pack (R$ 250 mil), as mudanças são sutis, mas suavizam o tempo de mercado. Ele passa a contar com o DRL que formam os “dentes”, assim como no 3008. Apesar de ter ajustado o visual, ainda não foi dessa vez que o SUV passou a contar com a nova logo do Leão.

Sob o capô, o 3008 não passou por mudanças. O carro manteve a unidade THP 1.6 de 165 cv e 24,5 kgfm de torque, combinado com transmissão automática de seis marchas. Ao contrário do motor do 2008, que é flex e entrega 173 cv, o bloco do 3008 só pode ser abastecido com etanol. 

O motor ainda é referência em performance. Mas já não consegue acompanhar alguns concorrentes mais modernos, como o próprio “primo” Jeep Compass, que passou a ser equipado com motor 1.3 de 185 cv, ou conjunto híbrido do Toyota Corolla Cross.

Conteúdos

Se por fora e sob o capô, o jipinho francês não trouxe mudanças expressivas, por dentro ele evoluiu. O SUV passa a contar com tecnologias que já estavam disponíveis no hatch 208.

Ele ganha ainda quadro de instrumentos digital atualizado, que segue o mesmo conceito do hatch, assim como itens como leitor de placas (com opção de ajuste de velocidade automático), controle de cruzeiro adaptativo (ACC), monitor ativo de faixa, sensor de ponto cego, assim como monitor de fadiga e opção de câmera 360 graus.

O padrão de acabamento segue o mesmo refinamento da linha anterior, excelente montagem e uso de materiais sofisticados, como apliques metálicos e fartura de couro. Outra novidade é que ele passa a contar com sistema de pagamentos Cart, incluso no multimídia. No entanto, a tecnologia ainda não está disponível para todas as praças.

Preços e versões
Peugeot 3008 Griffe - R$ 229.990
Peugeot 3008 GT Pack - R$ 249.990