MADRI - O Produto Interno Bruto (PIB) da Espanha caiu 0,4% no segundo trimestre, na comparação com os três meses anteriores, quando registrou queda de 0,3%, e agravou a recessão no país, segundo dados provisórios.

Os números coincidem com as projeções do Banco da Espanha. O governo prevê um retrocesso da economia de 1,5% no ano e de 0,5% em 2013, antes de um retorno ao crescimento em 2014.

Em um comunicado, o Instituto Nacional de Estatísticas (INE) afirma que os resultados são "consequência de um aporte mais negativo da demanda nacional, compensada parcialmente por uma contribuição da demanda externa positiva e de ordem similar à registrada no trimestre precedente".

A Espanha enfrenta ainda um índice de desemprego de 24,63%, que afeta sobretudo os jovens.