Em vídeo postado na página do facebook do ex-presidente Lula (PT), o governador Fernando Pimentel (PT) convocou a militância a ir às ruas nesta quinta-feira (31) em defesa do mandado da presidente Dilma Rousseff (PT). Em Belo Horizonte será realizado o "Canto da Democracia", na Praça da Estação, a partir das 17 horas, com a participação de músicos e artistas, como Titane e Sérgio Pererê; Vander Lee e Celso Adolfo; Chico Amaral e Toninho Horta. A programação competa está neste link. Na manhã desta quinta-feira (31) a assessoria do governador não confirmou se ele participará da manifestação.

Além de Pimentel, outras 14 personalidades enviaram vídeos à página de Lula chamando os defensores da democracia às ruas em todo o país. São eles o escritor  Fernando Morais; o cantor Tico Santa Cruz; o ator Bemvindo Sequeira; o coordenador de políticas para a juventude da secretaria de Direitos Humanos e Cidadania da Prefeitura de São Paulo, Claudinho; a pesquisadora na área de filosofia política e feminista, Djamila Ribeiro; a atriz e ativista Maeve Jinkings; a integrante da equipe do Canal das Bee, militante feminista e LGBT e militante do PT, Debora Baldin; o professor de Relações Internacionais da Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, Reginaldo Nasser; o cantor e compositor Manno Góes; o cineasta Karim Aïnouz; o poeta Sérgio Vaz, da Cooperifaoficial; o deputado federal Jean Wyllys (Psol); o governador do Piauí Wellington Dias (PT); e o jornalista e crítico de cinema Pablo Villaça.

Confira a íntegra da fala de Pimentel:

"Nesse final do mês de março, quero unir a minha voz a todos aqueles que protestam e manifestam a sua indignação com o processo de golpe que está em curso no país. Impeachment, sem crime de responsabilidade, é golpe de estado. Nós todos sabemos disso. Temos que impedir que essa violência contra a democracia e contra as regras constitucionais ocorra no Brasil. Vamos manifestar a nossa indignação. A presidenta Dilma não cometeu nenhum crime de responsabilidade, sequer está sendo investigada. Agora, sob a capa de uma possivel legalidade que na verdade não existe, sob a capa de um impeachment, que na verdade é apenas um crime que está sendo cometido contra a democracia, querem afastá-la. Vamos impedir que o retrocesso, o arbítrio, a intolerância e o ódio ocorram na sociedade brasileira. Vamos manifestar nossa indiganação".

 

#GolpeNuncaMaisFernando Pimentel, governador de Minas Gerais, explica por que é importante ir às ruas nesta quinta (31) para defender a democracia brasileira.

Publicado por Lula em Quarta, 30 de março de 2016