Um cabo da Polícia Militar (PM) morreu, na manhã da última quarta-feira (26), após um tiro acidental atingir sua cabeça durante um treinamento na Base da Força Aérea, em Cumbica, bairro de Guarulhos, na Grande São Paulo. O soldado que efetuou o disparo entrou em estado de choque e precisou ser socorrido no Hospital da PM.
 
O cabo Marcos Paulo Kneubauhl Cruz, do 43º Batalhão, na zona norte da capital, recebeu o tiro em meio a uma aula de instrução de tiro. Ele ainda foi socorrido no Hospital Geral de Guarulhos, mas não resistiu ao ferimento. De acordo com a PM, Cruz tinha 36 anos, era casado e estava há 16 anos na corporação.
 
O soldado que fez o disparo tem 19 anos. A PM informou que instaurou um Inquérito Policial Militar para apurar as circunstâncias da morte.