A Polícia Militar do Estado do Rio de Janeiro reforçou todo o policiamento na orla de Copacabana, zona sul da cidade, onde estão previstas durante a manhã e a tarde de hoje (12) várias manifestações populares, cuja concentração será no Posto 5, na Avenida Atlântica. Estarão no local 400 policiais.
 
As primeiras manifestações visam a apoiar a Proposta de Emenda à Constituição (PEC) 171/93, que prevê a redução da maioridade penal, além da punição dos corruptos e a luta por um Brasil melhor.
 
A maior passeata, porém, é aguardada para o início da tarde, organizada pelo Movimento Brasil Livre, que defende o impeachment da presidenta Dilma Rousseff.
 
De acordo com dados da PM, a segurança do Rio de Janeiro ganhou o reforço de 1,4 mil novos policiais militares no primeiro trimestre deste ano. Os soldados passaram por capacitação no Centro de Formação e Aperfeiçoamento de Praças (Cfap), em Sulacap, zona oeste da capital fluminense. Os soldados se somaram ao efetivo de 48 mil homens, que integram a Polícia Militar no estado.