A polícia da Bélgica deteve, na manhã desta terça-feira (16), 10 pessoas em Bruxelas durante nove operações contra o terrorismo ligadas a uma suspeita de recrutamento do Estado Islâmico, disse um procurador federal do país.

A investigação determinou que várias pessoas foram enviadas para a Síria para aderirem ao Estado islâmico e não estão ligadas aos ataques terroristas de novembro em Paris, disse a promotoria. As operações foram realizadas em várias áreas de Bruxelas, mas foram ordenadas por um juiz na cidade de Liège.

Além das 10 pessoas detidas, a polícia apreendeu equipamentos eletrônicos como, por exemplo, computadores e celulares.

As pessoas detidas serão interrogadas, disse a promotoria, enquanto o material apreendido será examinado.