A polícia retirou as pessoas da estação ferroviária de Atocha, em Madri, e parou trens dentro e fora do local, que fica no centro da cidade, após uma ameaça de bomba. Mais tarde, autoridades disseram que se tratava de um trote.

Uma fonte da polícia disse, sem dar mais detalhes, que um homem ameaçou detonar uma bomba em um trem de manhã desta sexta-feira (2). Em seguida, o indivíduo foi preso, mas as autoridades não encontraram explosivos em sua mochila.

Especialistas em bombas vasculharam o trem e as vias na busca de possíveis explosivos, mas permitiram que a estação fosse reaberta pouco antes do meio-dia (horário local).

A estação de Atocha estava no centro atentados ocorridos em de 2004 aos trens de Madri, em que 191 pessoas foram mortas em um dos mais mortíferos ataques terroristas na Europa. Fonte: Associated Press.