A Polícia Civil de Castanhal abriu procedimento para investigar a morte de um cantor de axé que foi eletrocutado no domingo (15), instantes antes de começar um show de carnaval na cidade de Curuçá. Conforme a polícia, Luciano Souza dos Santos estava no bloco "Os Pilantras" e morreu em cima do trio, no meio da avenida.

Testemunhas disseram que os músicos estavam tocando no trio elétrico quando Luciano recebeu uma descarga elétrica. O músico já teria inclusive relatado ao técnico do som que "estava dando choque", explicou.

Entretanto, imagens feitas de celular mostravam o momento em que o cantor foi retirado do trio às pressas e levado para uma ambulância. Equipes de salvamento tentaram reanimá-lo, Luciano não resistiu aos ferimentos e morreu.

Segundo a Polícia Civil, a descarga elétrica veio de dentro do trio, sendo que o veículo estava com a vistoria dos bombeiros vencida e sem licença para circular em eventos públicos. Uma perícia será feita no veículo para descobrir o que ocasionou a eletrocução do músico