As Secretarias de Segurança Pública de São Paulo e de Goiás apuram denúncia de ameaça de morte contra a família do apresentador José Luiz Datena, da TV Bandeirantes. Segundo ligação anônima que chegou à Polícia Civil de Goiânia, os assassinos iriam de São Paulo até Goiás para matar os parentes do jornalista. Um dos filhos de Datena, que também é apresentador de televisão, vive no Estado. "Orientamos a todos que tomassem mais cuidados", afirmou o delegado-chefe de Comunicação Social da Polícia Civil goiana, Norton Luiz Ferreira. Ainda não há suspeitos e a única informação é de que o telefonema partiu da capital paulista,

"Ameaça é coisa de covarde, vagabundo, sem-vergonha", desabafou o apresentador durante o programa Brasil Urgente, na tarde de ontem. "Não tenho medo", completou. Para Datena, a denúncia está ligada aos debates na TV sobre a chacina da família de PMs na Brasilândia, na semana passada. No programa de anteontem, o apresentador e o convidado do programa, deputado major Olímpio Gomes (PDT-SP), discutiram a hipótese de que o crime seja de autoria de policiais corruptos. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.