Integrantes do grupo Extermínio, um dos organizadores da manifestação na praia de Copacabana, disseram no alto do carro de som que o ato vai terminar em frente ao hotel Copacabana Palace por este ser "reconhecido internacionalmente". "Vamos mostrar ao mundo todo a nossa indignação", afirmou. A caminhada, que reúne milhares de pessoas, já dura cerca de duas horas e segue sob sol forte. Participam pessoas de todas as idades. Os organizadores pedem auxílio para os participantes para a compra de garrafas d'água para eles e para policiais militares que acompanham o protesto.

As areias da praia estão razoavelmente cheias e são feitas críticas aos banhistas durante o ato. "O carioca não vive só de samba e de sol. Vocês que estão na praia agora, depois vão se arrepender", afirmou uma das pessoas que discursou.